Momento: O Reencontro

Os encontros mais importantes já foram combinados pelas almas antes mesmo que os corpos se vejam…

Paulo Coelho

Naquela noite em meio ao burburinho de uma praça em festa, a serenidade, companheira das emoções, que não mais se faziam presente, envolvia o intrigante Dragon. Sentado em seu trono, imponente e altivo, sorvendo o néctar dos deuses, sentia os próprios pensamentos em uma conversa intima consigo mesmo. Olhava, vigiando cada movimento, o horizonte em derredor… procurava sem saber o quê, ou quem… apenas procurava por alguma lembrança esquecida no tempo infinito da existência imortal.

leonid-afremov-by-catherine-la-rose-29[1]

Eis que… no tempo de um momento sentido, o burburinho se fez silêncio, e entre mesas e cadeiras surge o olhar mais fascinante e arrebatador ali percebido. Nesse vago instante, em que o tempo se fez luar, iluminando o surgimento da Phoenix, majestosa e segura de si em toda sua fragilidade, causando uma revolução na serenidade das emoções ora esquecida.

Eis que… no instante de um momento captado, por entre a multidão de pessoas, a Phoenix irradia aquele sorriso imenso de alegria e intenso de felicidade. Exibindo-se poderosa e repleta de brilho, provocando um estremecer na alma até então quieta de desejo.

Eis que… no impulso de um momento inusitado – Dragon – se arrebatou ao vento, deixando seu trono e aproximando num esticar do olhar a um abraço, algo chamou atenção. Apenas isso! Não existia aspiração, nem intenção, em poucas palavras o momento se desfaz ficando a sensação de inquietude no coração. 🐉💙🔥


Cláudio Cordeiro 🐉

Reflexão: Espelho da Alma

Costumam dizer por aí, que os olhos são os espelhos da nossa alma.

Existem infinitos modelos de olhos e intensidades de olhares. No caso das pessoas românticas, acontece uma certa alteração da coloração dos olhos, definidos dependendo de cada situação que elas estejam vivenciando no momento. Os olhos azuis, são comparados com o oceano e com o colorido do céu.  Os olhos verdes, podem ser comparados com as florestas e com o verde das montanhas. Os olhos castanhos, podemos comparar com um pôr do sol, em uma tarde inesquecível. Já os olhos pretos, são definidos, como uma linda pérola negra e às vezes, com o brilho de uma estrela. Através do olhar, podemos perceber o que a pessoa sente, o que ela quer nos dizer e o que ela está pensando.

O olhar pode dizer muita coisa, até mesmo revelar um segredo.

O olhar pode ser triste, melancólico e até sem brilho. Às vezes, pode expressar um sofrimento, uma dor e até mesmo um cansaço rotineiro. O olhar também pode expressar felicidade, ansiedade, medo ou uma simples curiosidade. O brilho nos olhos é contagiante, quando compartilhado espontaneamente com outra pessoa. Não posso deixar de citar, o olhar de ódio e rancor, que não leva a lugar algum. Muito menos o olho gordo ou da inveja. O olhar de desejo e sedução, possuem uma característica única. Uma vez que você cruze seu olhar com ele, você simplesmente está em presa, como se fosse uma armadilha sem fuga. Existem diferentes e infinitos tipos de olhares, o mais importante, na minha opinião, é o olhar com amor. O olhar que transmite ternura, carinho e paixão. Para as pessoas apaixonadas, os olhos se tornam a janela da esperança. Eles conseguem ver uma imensidão de perspectivas, onde ninguém mais consegue enxergar. Através de um olhar doce, um coração consegue se expressar sobre qualquer tipo de amor.

Podemos, então, comparar o brilho dos olhos com o brilho das estrelas, é como um privilégio que todos nós temos, de estampar um sorriso, com a maneira que olhamos para o lado. A magia de um olhar, pode nos fazer perceber, quase que no mesmo instante, que estamos presos em uma cilada, sem chance de escaparmos. É como se o mundo inteiro fosse preto e branco, e com um piscar de olhos, se tornasse alegremente colorido. Não precisamos nos importar em definir o nosso tipo de olhar, ou saber qual o olhar que nos atrai. Mais importante do que isso, é sabermos quem é a pessoa responsável pelo olhar, pois, atrás de qualquer olhar, existirá sempre um turbilhão de sensações e sentimentos. Quando duas rotas diferentes cruzam inesperadamente um olhar, nasce imediatamente um desejo mútuo. Isso pode ser considerado, o começo de uma grande paixão. Quando sentir essa inexplicável atração, não pense duas vezes, e se deixe levar por esse olhar. Vá até onde ele quiser te carregar, e vai sem medo.

Deixe esse olhar te ganhar, deixe esse olhar te seduzir, não tenha receios, muito menos, coloque empecilhos.

E o amor, é exatamente isso…

Você olhar nos olhos de alguém, e encontrar o caminho do prazer e do desejo de amar.

Por isso, não se esqueça nunca: quando alguém sorrir para você com os olhos, se encante intensamente. 🐉💙🔥


Cláudio Cordeiro 🐉