Momento: Inconfesso Desejo

"Queria ter coragem Para falar deste segredo Queria poder declarar ao mundo Este amor Não me falta vontade Não me falta desejo Você é minha vontade Meu maior desejo Queria poder gritar Esta loucura saudável Que é estar em teus braços Perdido pelos teus beijos Sentindo-me louco de desejo Queria recitar versos Cantar aos quatros ventos As palavras que brotam Você é a inspiração Minha motivação Queria falar dos sonhos Dizer os meus secretos desejos Que é largar tudo Para viver com você Este inconfesso desejo"

Carlos Drummond de Andrade


Recostado sob frondosa árvore, Dragon admira o esplendor do entardecer. Acabara de ler memorável poema do poeta mineiro – Carlos Drummond. Seus pensamentos invadem o ambiente redor, perfumando a natureza com o inconfesso desejo.

Assim como o poeta mineiro também tenho… um inconfesso desejo de revelar o AMOR…

Que sinto e decodifica minha alma expondo todas as mais secretas intenções de amar

Que vivo e inibe todos os medos de amar

Que rompeu com as barreiras do convencional, me permitindo adentrar novamente no campo da imaginação, dos sonhos de amar

Que é a mais bela energia criadora e propulsora do infinito desejo de amar

Que motivou a força interior na busca da chave que rompeu a resistência de amar

Que arrebentou as grades de uma vida sem sabor, possibilitando a liberdade de amar

Que coloriu meu mundo com cores vivas na arte transformadora de amar

Que iluminou a estrada do futuro com a luz da felicidade de amar

Que é vigoroso alicerce sustentador da construção que abriga a opulência de amar

E sua maravilhosa inspiração que alimenta meus sonhos, a cada noite, na certeza de ter encontrado o verdadeiro caminho que conduz aos detalhes da simplicidade de amar.

Nada mais inconfessável do que o desejo de desejar o inconfesso desejo…

de confessar a loucura dos secretos pensamentos de amar

de gritar a insensatez dos indefinidos modos de amar

de falar a linguagem capaz de definir os encantos de amar

de cantar a construção das notas verdadeiras e plenas do sentido de amar

de escutar o som do coração que me conduz ao delicioso prazer de amar

de olhar a felicidade que explode além das fronteiras de amar

de caminhar sendo o que sou, sendo livre e tendo a liberdade de amar

de viver no pensamento e ser amado na plenitude do sentimento de amar

E hoje…

Confesso meu inconfessável desejo de descobrir quando é agora o melhor momento para amar Amar a encantadora Phoenix.

… AGORA É O MELHOR MOMENTO DE SEMPRE AMAR… PHOENIX. 🐉💙🔥


Cláudio Cordeiro

E você já descobriu AGORA quando é o melhor momento para AMAR?

Poema: Phoenix! Mulher de Infinita Beleza

“As pessoas são como vitrais. Elas cintilam e brilham enquanto o sol está no céu, mas quando a escuridão desce, sua beleza só se revela quando há uma luz no interior.” – Elisabeth Kubler

Seu corpo!
Estrada de curvas encantadas,
Perfeitas, sedutoras, alucinadas,
Onde meu desejo transita.


Seus olhos!
Esferas de brilho sensual,
Profundos na magia universal,
Onde minha alma reflete.


Sua boca!
Fonte de lazer,
Calientes de prazer,
Onde meu pensamento se expressa.


Seus lábios!
Moradia de desejos,
Uma poesia de ensejos,
Onde meu beijo silencia.


Seu abraço!
Oásis de inspiração
Um roteiro de intenção
Onde meu corpo permanece.


Sua voz!
Sons de sedução,
Melodia de uma canção,
Onde meu poema vibra.


Seu Sorriso!
Expressão de felicidade,
Alma em expressividade,
Onde meu amor fantasia.


Sua alma!
Leveza que encanta,
Luz do aconchego,
Onde minha alma existe.


🐉💙🔥 

Cláudio Cordeiro

E você como descreveria a Infinita Beleza de sua Mulher?

Poema: Primavera na Vida

“Descobrir o amor e nos encantar com a vida…”

Phoenix

Um poema singelo, sensível e sincero, escrito com a memória do coração na inteireza da alma – do Dragon – que pulsa intensamente o amor pela Phoenix!

O amor... O amor encanta a vida! 
É leve, solto e nasce da simplicidade...
De um bom dia com afeto, 
De um sorriso com brilho no olhar, 
De um olhar com serenidade,
De um gesto com gentileza,
De um abraço apertado, 
Tudo na intenção da felicidade esparramar.

O amor... O amor encanta a vida! 
É leve, intenso e acontece...
Em dias de Verão na vida 
Quando pedimos desculpas, sem ter culpa 
Em dias de Outono na vida
Quando aceitamos o outro como ele é.
Em dias de Inverno na vida 
Quando buscamos no abraço se sentir seguro
Em dias de Primavera na vida 
Quando floresce em direção ao outro.

Descubra o amor e se encante com a vida... 🐉💙🔥

Cláudio Cordeiro